Mensagens/Novembro de 2008

Domingo, 02 de Novembro de 2008 (Culto Matutino)

Simão, filho de João, tu me amas?

Ignacio Tadayoshi Moriguchi

João 21:15-19

Introdução: O sentimento mais importante no relacionamento humano é o amor. Antes mesmo do nascimento, ainda no ventre materno, o bebê já recebe a manifestação de carinho e amor. Desta forma, a criança que cresce em ambiente cheio de amor aprende que amor com amor se paga. Este amor mútuo transforma-se no vínculo básico de uma família. Quando o circulo de relacionamento se estende além dos limites da família descobre-se que o mesmo sentimento é imprescindível para se ter paz numa comunidade. Por isso Jesus repetidamente fala em amor ao próximo, como nossa resposta ao amor de Deus. Temos muito a aprender através do relacionamento entre Pedro e Jesus.

  1. O encontro de Jesus e Pedro:
    • Pedro foi o primeiro dentre os discípulos que receberam o convite de Jesus, junto ao mar da Galiléia (Mateus 4: 18-20);
    • Mediante o convite de que seriam transformados em pescadores de homens, Pedro e seu irmão André seguiram imediatamente a Jesus, num ato de fé e confiança, deixando as redes.
  2. O relacionamento entre Pedro e Jesus:
    • Algo em Pedro preocupava a Jesus. Sua excessiva autoconfiança poderia afetar sua fé, mas Jesus confia na sua conversão para fortalecer os companheiros (Lucas 22: 31-32);
    • Pedro afirma estar pronto para ser preso ou morrer com Jesus, mas é advertido que o negaria três vezes naquele dia (Lucas 22: 33-34);
    • Quando o galo cantou após negar três vezes Pedro percebe que Jesus fixou os olhos nele e chora amargamente (Lucas 22: 54-62).
  3. Jesus testa a fidelidade de Pedro:
    • Jesus pergunta três vezes: tu me amas? Nas duas perguntas iniciais emprega agapao (amar profundamente como Deus amou) e Pedro responde apenas com o verbo phileo (gostar de) (João 21: 15-16);
    • Com a forma da resposta Pedro demonstra quebrantamento;
    • Ao perguntar pela terceira vez Jesus utiliza phileo como prova de que aceita Pedro tal como ele é com sua fraqueza (João 21: 17);
    • Nas três vezes Jesus confia: Apascenta meus cordeiros e ovelhas.
    • Após revelar o sofrimento no futuro e o gênero da morte de Pedro com que glorificaria a Deus, Jesus diz: Segue-me. (João 21: 18-19).

Conclusão: Temos a graça da salvação pela fé e confissão de que Jesus é meu Senhor e Salvador. A vida de Pedro nos alerta das lutas e sofrimentos com que podemos glorificar a Deus. Jesus diz: Segue-me.

Tags: Amor, Encontro, , Confiança, Sofrimento,

Veja também:

- Mensagem de 26 de Outubro de 2008: Missão Integral na Sociedade de Consumo.

- Mensagem de 09 de Novembro de 2008: Imitadores e Modelos.

- Outras Mensagens de Novembro de 2008.

- Outras Mensagens de Ignacio Tadayoshi Moriguchi.

- Áudio em MP3 (51 minutos).

- Contador 1825/188.

Mensagens com Temas Semelhantes:

- Correndo Atrás do que é Legítimo - 33.3% (08 de Novembro de 2009).

- O Pão Nosso de Cada Dia Dá-nos Hoje: Aprendendo a Confiar no Senhor - 33.3% (25 de Março de 2012).

- Vida em Jesus - 33.3% (10 de Novembro de 2013).

Mensagens com o mesma passagem: (João 21)

- A Graça de Deus perdoando e restaurando (João 21:3)

- Mensagem de 06/05/2007 (João 21:1-23)

Comentários